quinta-feira, 3 de agosto de 2006

mais um dia de vida


roswell-in-space

debruei com o anel
num pedaço de casca de pinheiro
um barquinho castanho
com um fósforo
por mastro
e
por vela

um triângulo branco de papel
e
no lago verde do jardim
um peixinho vermelho
guiou-o nos ombros
e
uniu a minha margem à tua
com a aragem dum sopro
dos meus lábios
feitos beijo

o céu numa aguarela de azul
o sol numa chama de fogo

muito ao longe fugia
uma nuvem muito negra
duma violenta tempestade

daniel

26 comentários:

ailéh disse...

uniu a minha margem à tua
com a aragem dum sopro
dos meus lábios
feitos beijo

maravilhoso este parágrafo..

um forte e sentido abraço

della-porther disse...

Dan

Me lembrei dos barquinhos que papai fazia pra mim. Ficavámos horas perdidos n abeira da praia pondo-os a navegar. Me imaginava dentro de um deles circunavegando o mundo. Saudades.
Adoro o que/como escreves. Que posso eu dizer? Está sempre a remexer minhas lembranças.

Por hora deixei um desafio no Esquina. Topas?

beijos com carinho e admiração

della

Cangonja disse...

Uma nuvem novelo, enrodilhada em si mesma; outra, feita corpo a derramar-se no azul, espreguiçando-se.
Nuvem branca, onda, água, doçura, beijando o sol que lhe dá vida.
Um beijo "nublado"

lisa disse...

Azul!
Sendo azul, chegarei à utopia da metafísica, da magia, da alegria.
Caminharei para além, brilhando, iluminando em cor azul.
Serei a verdade, um ser uma luz azul, transparente, translúcido.
Permanecerei no coração do mundo, no espírito, na alma de deus que é decididamente azul.

:-)
Um beijo azul.

daniel sant'iago disse...

"ailéh"!
Feliz por tudo!
E, sobretudo, por teres regressado.

daniel

daniel sant'iago disse...

"della-..."!
E eu ficava sempre com as biqueiras das botas de pele completamente ensopadas... O que não agradava mesmo nada ao meu pai!
Só a mim...
Topei o desafio... Já está!

Outros.
daniel

daniel sant'iago disse...

"cangonja"!
Sê bem-vinda! Aparece sempre que desejares.
Um poema que caberia muito bem em qualquer blogue...
Obrigado!

Outro.
daniel

daniel sant'iago disse...

"lisa"!
Azul era a cor do (meu) céu...
Tens razão! A cor para Deus...

Outro... às cores!
daniel

al-jib disse...

queres pintar ,com a criança escondida em cada um de nós ,o arco-íris da vida
?
então ,pega no lápis
.
.
.
eu reservo a folha de papel
.
TRUZ!!!!!

[ caímos no tinteiro azul ]

um beijo!

daniel sant'iago disse...

"al-gib"!
Pareces um "nonsense" com sentido(s)!
O tinteiro azul é nosso!

Outro.
daniel

Cherry Blossom Girl disse...

Mais uma vez mt bonito. Obrigada pelo comment!!!

E dps da nuvem negra, veio o sol...

Beijinho
***

daniel sant'iago disse...

"cherry..."!
Regressou...
Outro.

daniel

Poemas e Cotidiano disse...

Daniel,
Toda vez que leio sua poesia, eu leio, e releio, e "trileio" (rs) porque quero tirar todo o sentido do escrito. Voce escreve sempre com sentimentos escondidos, (engracado, eles estao abertos, mas os sinto protegidos).
Que pedaco mais lindo!

e
uniu a minha margem à tua
com a aragem dum sopro
dos meus lábios
feitos beijo


M-a-r-a-v-i-l-h-o-s-o!!!!!!!!!!!!

Beijos meu querido amigo
MARY

Poemas e Cotidiano disse...

Depois que comento, leio os outros comentarios (porque nunca quero ficar sugestionada, e sim seguir o que sinto).
E vi que a Aileh sentiu esse verso como eu senti!
Que bonito! Que bonito!
Beijos
MARY

daniel sant'iago disse...

"mary"!
Os meus textos tentam ter essa característica: deixar espaço à leitura de quem lê... muito mais importante do que a minha intenção ao escrevê-lo.
De facto, gosto que os textos sejam abertos mas com a minha intenção "protegida"... O meu espaço de liberdade e privacidade!
Entendeu-me perfeitamente ou não fosse mulher para ler o que está protegido...
Essas cinco linhas nasceram ao olhar para um menino que soprava uma canoazinha...
Obrigado.

Outros.
daniel

della-porther disse...

dan

Você já está , definitivamente, na minha Cidade Sitiada.
Espero que gostes
beijos com amor

della

Poemas e Cotidiano disse...

Daniel,
Voltei aqui porque gosto de ler o que voce responde.
Que interessante, o que o inspirou para fazer essa poesia.
Agora eu posso ter a "picture" melhor diante de mim...
Mas eh interessante quando diversas pessoas leem o poema com diferentes olhos e sentimentos...nao eh mesmo?
Entendo seu espaco de liberdade e privacidade. E concordo! Acho que todos nos poetas protegemos um pouco esse nosso lado. E por mais que mostremos nosso eu sempre fica algo..."nosso. Nao eh mesmo?
Um bom fim de semana querido amigo.
Um beijo
MARY

Poemas e Cotidiano disse...

PS: Estou rindo de voce dizer: "ou nao fosse mulher para ler o que esta protegido"...rs
Ahhhhhh nos mulheres!
Beijos
MARY

Broken.Heart disse...

"uniu a minha margem à tua
com a aragem dum sopro
dos meus lábios
feitos beijo"
Pela beleza das tuas palavras, sinto-me tocada pelo teu beijo.
Voltarei a espaço maravilhoso.
Beijos.

Miudaaa disse...

Sonhar, torna tudo mais real e possível de ser vivido!!!
Amei... :-)

Luna disse...

ainda que o tempo esteja calmo, há sempre uma nuvem negra ao fundo querendo aparecer
beijos

daniel sant'iago disse...

"della-..."!
Gostei muito.
Obrigado.

Outro.
daniel

daniel sant'iago disse...

"Mary"
Pois é! Os comentários são, muitas vezes, outros "posts"...
Pois é... as mulheres!

Outros.
daniel

daniel sant'iago disse...

"broken-..."!
Seja bem-vinda a este espaço! Volte sempre!
Obrigado.

Outros.
daniel

daniel sant'iago disse...

"miudaaa"!
Bom regresso!
Parece que sim... O sonho da realidade!
Obrigado!

daniel

daniel sant'iago disse...

"luna"!
Sempre...

Outros.
daniel