terça-feira, 3 de julho de 2007

a_risco


"seated nude" de amedeo mondigliani

deixa correr o risco de um toque
toque que te roce e nos provoque


deixa correr o risco de um beijo

beijo rubro entre línguas e fogo

deixa correr o risco de um grito
grito surdo
retido nas gargantas

deixa correr o risco de um olhar
olhar verde em contornos de pele

deixa correr o risco de um trago
trago húmido entre poros de água

corridos os riscos
num barco ao largo

deixaremos todas as dúvidas de lado


Daniel Sant'Iago

32 comentários:

Anónimo disse...

Arrisco a dizer que estes teus riscos são plenos de beleza!
Carla

Luís disse...

A_risco sentar-me e ler estes riscos. Sabendo do risco de me perder...

Genial =)

Poemas e Cotidiano disse...

Daniel: Que beleza de poema. Pareco um disco furado...mas realmente a cada coisa que leio sua, impressiono-me. Impressiono-me com a facilidade que voce tem de correr a caneta no papel, e unir palavras, metaforas, e nao perder o sentido do poema.
Que belo deve ser deixar "todas as duvidas"... que linda frase!
Beijos meu amigo querido
MARY

Anónimo disse...

Nun risto, desdito...em tuas memirias.

Meu doce beijo

Alice e Vicente disse...

podes ,a partir de hoje ,visitar o Imprimatvr e ser apenas tu .assumi o meu lado sério depois de ter concluído que ,infelizmente ,neste País ninguém sabe ou gosta de brincar ( principalmente consigo ) .assim ,seguindo o velho aforismo "em Roma sê romano" ,passo a sê-lo ,isto é ,mais uma cinzentona entre os demais

um beijo

antes ,deixa.me dizer.te que ,gosto das tuas brincadeiras sérias com as palavras .deve ser essa a principal razão porque aqui venho ,amiúde.

180º disse...

deixo um beijo, por uma lição tão bem dada, logo hoje que pensei tudo ao contrario. Um timming perfeito. Obrigado... esperança recuperada.

Anónimo disse...

E quantas vezes são as dúvidas que nos oferecem riscos? (;

Boa noite!

O'Sanji disse...

Correr riscos... tem riscos: o de não ficar do lado... do beijo, do toque, do grito!

ivone disse...

não corro ris___________cos

só alinharia num teu
sem toque
sem beijo
sem grito

mas num trago urgente
porque se faz tarde e posso duvidar...

bj

Anónimo disse...

Daniel,
este é um extraordinário poema. a vida, Daniel, em si mesma é um risco. mas não viver o pleno é um risco maior.

Um abraço
Mel
www.noitedemel.blogs.sapo.pt
www.maresiademel.blogs.sapo.pt


PS: Mt grata pela tua presença nos meus blogs.

APC disse...

Então é assim:
Porque é das maravilhas clássicas, aquela de que menos sabemos, e apenas podemos adivinhar... E porque terá sido erigida, lance a lance, à custa do engenho e da arte e por amor, criando assim um oásis de vida no meio do resto, eu te "consagro" (lol) - às Palavras com que Brincas - Jardim Suspenso!... Cujos degraus é bom subir, por cujos pisos é bom passear e reflectir, cujas flores, e cores e odores é bom respirar e descobrir.
Corria o risco de fugir das camuflagens antes de te fazer essa homenagem, e isso não é risco que se corra! :-)

. . .

Deixai correr o risco de um toque.
O risco da Vida. Sem dó. Sem dú_vida!

Divinius disse...

Escreves com sentimento o que é muito importante...)

Rhiannon disse...

Deixo este risco, também de Modigliani, "em contornos de pele" deste seu poema: risco de sensual traço.

http://catinu.paginas.sapo.pt/09f2modigliani.jpg

Ka disse...

Deliciosa forma de começar o dia com as tuas palavras, sempre tão bem escritas :)

Beijinho e bom dia!

as velas ardem ate ao fim disse...

(A)risco a deixar ficar o olhar...
Amedeo Mondigliani o meu pintor preferido!

Bjinhos Daniel

Alice e Vicente disse...

conheces um sítio ou um país onde ainda se respire um pouco de liberdade?
diz.me, por favor ... preciso ,urgentemente ,de oxigénio ... preciso de respirar em liberdade ...

um beijo!

Anónimo disse...

*
sem dúvida:

... um toque!
... um beijo!
... um grito!
... um olhar!
... um trago!

a_risca, sempre... Daniel.

+um

Unknown disse...

carla
Um risco... que corres!

luís
São só "murmúrios"...
Abraço.

mary
Sempre gostei de discos "furados"...
Normalmente, a repetição repetia-me o sorriso.

cõllybry
Desculpa... Não percebi.

gabriela...
Lido o "recado"... sorri aqui... princesa cinzenta!
Conheço um sítio insubstituível: aí... onde vives e com quem trabalhas!
Pareceu-me o lugar indicado...
Olha lá bem para dentro!

princípios&fins
Ainda bem!
Não me digas que não querias arriscar...

l&b
Tantas... tantas...

o'sanji
Os riscos das opções duma vida.

ivone
Quando duvidasses... talvez eu lesse.

mel...
Pelo que... é de arriscar... em pleno.
Lá irei com tempo.

apc
Muito obrigado pela tua nomeação!
Sobretudo pela criatividade que revelas.
Inebriado... pelos aromas dos "Jardins..."!

Sem dó... mas com piedade!

misticdream
Bem-vindo!
Regressa sempre.

rhiannon
A sensualidade nos traços e riscos...

ka
Bom dia?
Espero que sim...

vela
Acertei!
Feliz... por ti.

princesa
Arriscarei... quando e se.

Anónimo disse...

Um maravilhoso poema, sem dúvidas. Parabéns Daniel! Volto depois para ler mais de sua poesia. Estou colocando seu blog nos meus favoritos. Um abraço!

Anónimo disse...

A_risca a_riscar!
Eu deixo ... se assim tiver que ser.
Beijito.

Unknown disse...

rita costa
Bem-vinda!
Regresse(a) sempre.

secreta
Depende de tanto...
E... sou muito arisco!

della-porther disse...

Dan


todas...ao lado...ao largo.


beijinhos


della

as velas ardem ate ao fim disse...

Gostava muito que participasses no meu desafio pag.161 o Livro.Se te der jeito passa no Velas.

bjinhos

Anónimo disse...

Olá... é minha primeira visita ao teu canto cheio de riscos, e arrisco dizer que riscos não me chamavam atenção, até me deparar com os riscos digitados por tuas mãos (hihihi mei duvidoso né!?)

Enfim, adorei o poema!!!

Luz no seu caminho e em seus riscos!!

Linn

Anónimo disse...

Olá. Gostei do teu blog e do teu poema k entra dentro de nossa alma pa não mais saír. eu tmb tenho um blog com poemas feitos por mim e têm fotos minhas tmb,se kiseres dá uma olhada.
http://paixoeseencantos.blogs.sapo.pt
bjos
Carla Granja.

Bru disse...

'Iago

beijo
língua
rubro
húmido

qual a dúvida?

bru

Unknown disse...

della
Mais uma utopia... mas... está bem!
Ao laaargo!

vela
Escrito e feito!

linn
Bem-vinda! Regresse/a sempre!
São só riscos...

carla granja
Bem-vinda! Regressa sempre!
Já dei. As (nossas) fantasias...

bru
Algumas...

e. disse...

Dan

vem (re)ver...pedaços do meu lugar...


beijos

emília

António Gomes disse...

relaxou-me :)

Unknown disse...

emília
Irei... com tempo.

tó gomes
Ora... ainda bem!

Anónimo disse...

Daniel Sant'Iago

deixo... o toque!
deixo... o beijo!
deixo... o grito!
deixo... o olhar!
deixo... o trago!

... correr!

"corridos os riscos
num barco ao largo
deixaremos todas as dúvidas de lado"

Fabuloso o teu a_riscar.

deixo...
um trago beijo para este poeta!

t_tela

Unknown disse...

Obrigado, t_ela!