quarta-feira, 11 de outubro de 2006

pretérito imperfeito


foto de virgiliu narcis

queria abraçar o sol com asas de ícaro
queria abarcar o mar com mãos de areia

tempo passado

em sonhos desfeitos
de suspiros
soprados

tempo incompleto
dum passado sem nada de errado
com saudades dum futuro inteiro

pretérito não acabado
de passado não perfeito

daniel

23 comentários:

prozina disse...

ENCONTRO-TE, DANIEL, EM TODO O LADO

nina sem medo disse...

poeta só tu falas assim de amor.
mostra-lo inteiro,
com todos os tons
e palavras que crescem.

poeta só tu abres a ferida
e expões a dor do amor
que ficou lá, no passado.

obrigada poeta.
é que só com a ferida aberta
podemos sarar
e amar de novo.

és um poeta Daniel.

Anónimo disse...

o compasso lento das horas no passar do tempo...
beijos

.*.Magia.*. disse...

Um passado sem nada de errado????

Não me parece nada bem!
Das duas uma, ou mentes ou acabaste de nascer, e mesmo assim existe sempre o pecado original...!!!

Gostei de tudo, mesno da falta de erros!

Beijikas Majokas...beijos exclusivos de moi!

.*.Magia.*. disse...

Errata:
mesno = menos

(ai esta cabeça!)

lisa disse...

Um brinco daniel.

Beijo.

. disse...

perfeccionista ,hem!!!!!
.
.
[ tá'se! ]
.
ou não?

al-jib disse...

o meu alter ego antecipou.se na perfeição
.
.
mas o bêje fica registado
.
na calculadora!

Poemas e Cotidiano disse...

Daniel,
Que linda poesia, tao suave que parece assim que estou sentada na frente de uma casa, a observar minha vida...meu presente, meu passado...o que foi, o que vira...
Entendi o "passado sem nada errado"... uma utopia. Um querer perfeito.
Lindo meu amigo!
Um beijo
Mary
PS: E essa musica nos leva a fazer terapia interna.

Vida disse...

O pretérito imperfeito que pode ser perfeito, mas um passado nunca é perfeito, mas sim imperfeito.

Beijos.

Luís disse...

Pretérito não acabado de passado não perfeito que poderá, porém, vir a alacnçar a perfeição no futuro.

Ainda é tempo de abraçar o sol e abarcar o mar!

Um abraço

paoseco disse...

Construção mais que perfeita e um perfeito prazer ao ler.

:)


(quem sabe sou não bi mas poli-polar?...)

:) Beijo

paoseco disse...

lá entrei com o nick que não era LOLOLOLOL

o paoseco vem de outro filme, um do pós-guerra.

:)

weg disse...

Daniel, peço desculpas por esse pão seco ou duro. lol

Grande alentejanada!

Seguindo o rasto do Daniel que não era vim postar no Daniel que era.

Concordo com o comentário excepto nos parêntisis que não eram para aqui.

Bj

:)

*Belynha* disse...

Este jogo de palavras deveria chamar-se
"pretérito mais-do-que-perfeito"

Está fantástico, Daniel.

Temos saudades dos tempos em que respondias individualmente a cada post...
Novo amor? talvez...
Ou o amor de sempre, que requer mais atenção do que nunca?

Aposto na segunda ;)

Isabel disse...

Eterna é a busca pela perfeição...
Nada é perfeito e no entanto tudo passa a ser quando deixa de se buscar a inalcansável perfeição.
As minhas asas levam-me a estranhos e longinquos sitios, fazem desvios à normal trajectoria por serem diferentes uma da outra... são imperfeitas! Mas são fortes porque me levam longe. Que importa se são imperfeitas... com elas voo...

Isabel

Secreta disse...

Tempo ... que ainda tem tanto para nos dar ... do tanto que já nos tirou...
Beijito.

al-jib disse...

é só mulherada!!!!!!!!!!!!!!!!!

um registo p'ra contrastar ou baralhar o esquema

eheheheheheheeheheh

Polly Jean disse...

Presente perfeito.

saltimbanco disse...

De imperfeito aqui só se for mesmo o pretérito.

daniel sant'iago disse...

Este foi um passado imperfeito sem o peso dos erros cometidos...
A todas e todos, muito obrigado!


daniel sant'iago

firmina12 disse...

já não gostas de te sentar no abismo?

Estranha pessoa esta disse...

Essa do nada de errado...
Hmmmmmmmmmmm
...
Será que por ser o passado inteiro já por si é 'não errado'?
ahh espera... é o futuro.
Mas.....
.....
Hmmmmmmmmmmmmmmmm