terça-feira, 15 de maio de 2007

??{o}??

"antropofagia" de tarsila do amaral

para que
quero tanto o pouco que me falta
se
possuo tão pouco o muito que já tenho
?


Daniel Sant'Iago

45 comentários:

Cöllybry disse...

Se… vivemos com tão pouco, importa sim a bagagem que teremos no fim desta viagem...com tão pouco se diz tanto...Meu beijito num olharIndiscreto__________

Unknown disse...

collybry
Entre_ter e ser...

Luís disse...

Por vezes sinto o mesmo...

Unknown disse...

luís
Não teremos o exclusivo...

Anónimo disse...

*
Daniel

R:... porque pouco te falta possuir no muito que tens...

mas... continua a desejar,
... e a_mar!

teus contornos de escrita são formula química d_esejo!

ao meu prof. que "possui" pouco...
e "possui" muito,...
deixo o meu todo neste
+um

Unknown disse...

princesa
Tão "universal"... este texto.
A posse dos seres e dos teres...

Anónimo disse...

Tens o que queres
no que te falta...
Falta o que tens
no que tu queres...

basta... ser_es, assim!

Obrigada por existires Daniel.

Um beijo com sabor a doce_bravo da
BRAVA

maria josé quintela disse...

talvez para chegar à conclusão que sempre nos faltará alguma coisa. por pouco que seja...

Anónimo disse...

ou talvez... "o pouco" que falta seja "o muito" que se quer...
Beijo

Maria P. disse...

E tão pouco chega para tanto.

Bjos*

Anónimo disse...

Daniel

Muito pouco falta...
para t_eres e s_eres o que és...

Sê tu mesmo, que nós agradecemos!

"Faz os teus dias valerem as lembranças." (Bill Milton)

_AMI_NONA_

as velas ardem ate ao fim disse...

As vezes basta tão pouco para tanto.

bjos

Anónimo disse...

Pois, é um dos problemas ou virtudes do ser humano, é insaciavel

Unknown disse...

bravo/a
Terei...
Já agradeci aos meus pais...

maria josé...
A eterna insatisfação ?

o'sanji
Talvez... a eterna incerteza !

maria p.
Depende... tanto !

_ami_nona
Vou tentando...

vela
Por vezes... sim !

Anónimo disse...

Uma boa questão , sem dúvida. Quando encontrares uma resposta satisfatória , não esqueças de me dizer :)
Beijito.

Unknown disse...

terra à terra
Bem-vinda/o !
Sem blogue ?
Defeito ou virtude... depende.
Mas... (nem) sempre... um problema.

Unknown disse...

secreta
Não vale a pena esperares...
Mesmo que a viesse a encontrar... para mim... não te satisfaria plenamente!
Portanto... encontra a tua! ;-)

hfm disse...

Belo aforismo!

Unknown disse...

hfm
Nem regra nem princípio... mas uma dúvida que salta pela vida.
E... temo pela sua (minha) originalidade.

Nelsinho disse...

Daniel,

A frase é para ficar, pensar...
Vou usar!

Desta vez não resisti e comentei em voz alta!


Nelsinho

Unknown disse...

nelsinho
E eu... ouvi!
Pareceu-me sentir rumor de ondas...
Abraço.

Luís Galego disse...

poucas palavras, questões imensas, mas relativizar é preciso, como alguêm disse, as coisas de maior valor são mais pequenas que o ar....

Unknown disse...

luís g.
Tens toda a razão!
E tão imprescindíveis... como o ar!

Anónimo disse...

Ao que tu chamas baga_telas!

"Obras de arte de construção demorada e longamente contempladas.
Feitas com muito amor"


t_ela

Unknown disse...

t_ela
Bem-vinda/o!
Sem blogue?
Nada de muito importante...

Anónimo disse...

Obrigada.
... não tenho! Nem pouco nem muito.

Dou-te o meu nada! Pe_recebo o teu tudo.

Nunca te demores que eu virei re_colher-te...
sem veres!

t_ela

Unknown disse...

t_ela
Seja...

Isabel disse...

Tens razão... toda.

Para que será que queremos tanto o pouco que achamos que nos falta?

Acho que desejamos as "coisas" " pessoas" "seres" como puzzles... queremos completa-los, não suportamos que nos falte nenhuma peça, queremos te-los inteiros, completos, peçinha por peçinha.

Mas as "coisas" as "pessoas" os "seres" não são puzzles que nós construimos, nem são feitos e desfeitos à peça nem nós por mais que queiramos possuimos seja o que for.

Donos não somos nem de nós mesmos.

Num outro sentido até aquilo que temos, que desejamos nosso e sentimos nosso... pouco tempo, dedicação, oportunidade temos para o possuir e nos deixarmos ser possuidos.

Se nos dedicassemos mais a possuir avidamente aquilo que achamos que temos em vez de ocupar as nossas mentes ansiosas sempre de mais com a maldita peçinha do puzzle que falta.

Mas e se num puzzle de ceu azul faltar a peça amarela que é o sol... ou faltar a única peça que é uma nuvem escura?
não nos faltará a mais importante das peças?
A única que faz a diferença.

Isabel

Unknown disse...

isabel
"Donos não somos nem de nós mesmos."
Mesmo que nos falte a peça amarela... ou a preta.
Se "possuir" (qualquer ser)... fosse... sempre... uma viagem de ida-e-volta...

Conceição Bernardino disse...

Olá,
Desculpe a minha ausência, mas o que importa é, que estou de volta.
Continuarei a comentar, é esta a minha maneira de ser:
Oferendo poemas de alguém, receba com carinho!



Vaidade

Sonho que sou a Poetisa eleita,
Aquela que diz tudo e tudo sabe,
Que tem a inspiração pura e perfeita,
Que reúne num verso a imensidade!

Sonho que um verso meu tem claridade
Para encher o mundo! E que deleita
Mesmo aqueles que morrem de saudade!
Mesmo os de alma profunda e insatisfeita!

Sonho que sou Alguém cá neste mundo...
Aquela de saber vasto e profundo,
Aos pés de quem a Terra anda curvada!

E quando mais no céu eu vou sonhando,
E quando mais no alto ando voando,
Acordo do meu sonho... E não sou nada!...

Florbela Espanca

Beijinhos e uma boa semana...

Unknown disse...

conceição b...
Obrigado!
Recebido com carinho!

lena disse...

Daniel, meu bom amigo

deixa-me dizer assim e sem pretensões:


dou-te o tudo e o nada!
a lonjura da minha
íngreme estrada,
as auroras
que há no mundo,
os solstícios e equinócios
meus sonhos
em horas d'ócio,
dou-te as argentinas pérolas
das chuvas de verão,
os cristais translúcidos
que nevam em meu coração,
as ondas dos mares do sul
dos meus desejos!

dou-te as brisas austrais
por entre beijos,
o verde das florestas
luxuriantes
palavras de mel,
mais reais que no papel,

se este for o preço
para pôr um sorriso em tua boca
então,
...meu amor, minha vida,
valerá a pena gritar teu nome
até ficar rouca!

valerá então amar-te como uma louca
porque viver sem ti
é coisa pouca...

l.maltez


foi assim que um dia escrevi, a brincar com palavras, mais tarde percebi que o nada é muito...

um beijo meu amigo

fica a ternura de um abraço


lena

Unknown disse...

_Amas-me amor ?
_Claro que SIM.
_Não respondes-te muito convicta...!
_SIM AMO.
_Não percebo porque és tão limitada não és como as outras , deves ter alguma deficiência , alguma anormalidade qualquer ...
_SIM Amor devo ter...
_És MESQUINHA,
_ SIM eu sei AMOR...
_Não prestas , não mereces nada ...
_É verdade AMOR eu sei...
_Olha para ti, o que vês?
_SIM eu olho...
_Mas que raio fiz eu para ter que te ATURAR caramba...
_SIM amor tens razão...
_Cala-te já...
_SIM amor eu calo-me...
_Mas amas-me não AMAS , Amor ?
_SIM amo...
_Mais alto não ouvi...
_SIMMMMMMMMMMMMMM
_Estas a gritar porque???
_Porque SIM ...
_Mas isso não é resposta...
_SIM amor eu sei...
_Aprende a não rastejar... verme
_SIM amor vou tentar...
_Tentar??? tu tens que rastejar OUVIS-TE ? Ouviste bem?
_sim AMOR OUVI...
_Há bem muito bem...
_Vou sair não sei se volto hoje , tenho trabalho...
_Sim amor vai...
_Amo-te MUITO e tu sabes...
_SIM SEI.!

Grita comigo NÃO...
Beijinhos cheios de cores

LEE disse...

Dan


Espero que tenhas gostado do encontro da terra brasilis.
achas que devemos repetir a dose?

beijos

fuser


*essa semana o trabalho me impediu de ler-te. mas amanhã virei ler tudo..(della)

Unknown disse...

lena
"... que o nada é muito..."
Se é!
E confessar que o "nada" é alguma coisa... só de poetisas... como tu!

Unknown disse...

lurainbow
Bem-vinda!
Já gritei... mas continuo!

Unknown disse...

fuser
Já deixei opinião por lá...
Não escolho... desde que goste!

* ...por aqui... sempre!

APC disse...

Talvez que se o possuísses muito, o quisesses menos, não sei...

Unknown disse...

apc
Como sempre... nada na vida é... somente... a preto-e-branco!

APC disse...

A tua foto é!
Camuflaste-lhe as cores! ;-)

Unknown disse...

apc
Nem na foto...
Há quem chame ao (teu) "branco"... cinzento!
Ou será a tal cor do... burro quando?

APC disse...

Bah... Rapazito impertinente! :-P

(*)

Unknown disse...

apc
Desculpa...
Vivam os putos!

adautoneves@gmail.com disse...

Oh homem, sempre querendo mais!!!
Deveria primeiro cuidar do que tem antes de almejar o que não tem!
Deveria amar tudo o que tem e deixar o que não tem para quando vier!
Belos e sábios versos poeta!

Unknown disse...

adauto
Bem-vindo a estas paragens... e de tão longe!
Os nossos caminhos estavam cruzados noutros espaços...
Um abraço.