sábado, 11 de agosto de 2007

e_lev_a_dor


"judith" de gustav klimt

sentaste-te
mesmo à minha frente
num elevador de lisboa


sorriste
leve a mente sem esforço
a olhares por dentro

cruzaste
o brilho verde
sem sombras de engate
insistente nos meus olhos dormentes
vermelhos num sorriso obrigado

perguntaste
ao porquê do teu sorriso
se o amarelo do olhar de dor vermelha
era sentido e definitivo

desapareceste
por entre carros e sinais
de semáforos
intermitentes
no cimo do nosso elevador

em lisboa

renasci
para um novo sorriso
em_levado
sentido
sem resposta
nem dor definitiva


Daniel Sant'Iago

11 comentários:

Bru disse...

iago

um bom fim de semana
nessa Lisboa quente.


bru

princesa disse...

*

foste levado a...
renascer neste e_lev_a_dor poema...

Lindo!
Bom fim de semana.

+um

Maria P. disse...

Lisboa, mulher, cruzar em encontro, desencontro.

Deixei (en)levar(me)...
Beijo.

DDF disse...

É tão bom vir uma luz (neste caso verde) demonstrar-nos que a "dor não é definitiva"
Beijo

gabriela r martins disse...

nada é definito

talvez seja esse o fascínio da vida

será?

.
.

um beijo ( sem elevador )

Jéssica disse...

e - lev - a - dor

Gostei!!!

Poemas e Cotidiano disse...

Meu querido Daniel!
Mais uma poesia que nos faz pensar... e refletir sobre a dor, e o quanto ela dura.
Talvez ela dure um olhar, um elevador, e a espera de um novo sorriso.
Um beijo carinhoso
MARY

ailéh disse...

excelente o jogo da palavra... excelente o jogo elevado de palavras

um beijo
~e saudades

CN disse...

Muito Bonito!
Sorrindo....
Indo....
Sendo levado....
Sentindo....

Beijo

Zohar disse...

Quando tentava comentar caiu a net ao chão, não me sei repetir senão falando...

Muito bom. Isto é saber escrever. :)

daniel sant'iago disse...

bru
Quente de... sorrisos.

princesa
Fui... em_levado.

maria p.
O sorriso duma mulher...

gabriela
Parece-me bem que sim...

jéssica
Leve a dor...
E leva a dor...

mary
É... basta um sorriso.

ailéh
Enlevado...

cn
Ir sorrindo por aí...

zohar
Bem-vinda(?)!
Sabes que me pareces bem conhecida(?)?