segunda-feira, 20 de agosto de 2007

ser natureza


"nature in harmony" de bonnie kwan huo

seixo rolado da ribeira do sabor

partia e desnudava pinhão torrado
em penedo duro à sombra do chorão
naquele momento encharcado de suor

eu e o meu periquito-de-ombro
acolhidos naquela teia global
debicámos sementes e frescura
numa síntese perfeita natural
não ambiente meio mas inteiro

único ser pensante
senti-me
nem rei nem centro
total interdependência
seixo chorão ribeira penedo e pinhão
pelos lados para cima frente trás e dentro
cúmplice na salvação de todos os seres

Daniel Sant'Iago

7 comentários:

Isabel disse...

Lindo, especial... como tu sabes bem fazer.
Um poema com cheiro a Oriente mas que pode/ podia ser o cheiro dessa harmonia com a natureza em qualquer lugar do mundo.
No entanto sinto, vejo, cheiro algo desse Oriente por aqui nos teus últimos poemas, nas tuas últimas escolhas de imagem. Ainda bem, digo, penso, escrevo e sinto eu. A cultura Oriental sempre me disse muito, com todos os seus subtis pormenores, toda a sua delicada riqueza, tudo à nossa frente sem de facto o estar, tanto para sem descansar incansavelmente ir notando. Como a tua escrita, em cada esquina das palavras, em cada recanto das vírgulas, ao contornar cada frase um novo e único detalhe que a torna especial.
Encantador...

Isabel

t_ela disse...

Daniel Sant'Iago

Poemas com uma harmonia oriental... �nica, de Macau!
Muito belo.

Um pedido: p�blica no "Brinco de Palavras II"

em "li" abra�o_te

t_ela

princesa disse...

*
“… sirvo-me das palavras que sou
não me matem as palavras
que morro”
daniel sant’iago



Tens muito para nos contar, Daniel!
Delícias literárias bem vivas e vividas!

+um

as velas ardem ate ao fim disse...

Lindo.

Ser...a salvação.

bjinhos Daniel

daniel sant'iago disse...

isabel
Uma eterna sedução... a do Oriente.

t_ela
Não só de Macau...

princesa
Esse será um dos sintomas da minha morte...

vela
Sim... cúmplice com toda a natureza.

Luís disse...

"Cúmplice na salvação de todos os seres..." Sim. Todos o somos e é bom ter quem nos recorde disso.

Obrigado.

daniel sant'iago disse...

luís
Ser natureza humana... dar-nos-á supremacia sobre o irracional?