quinta-feira, 27 de abril de 2006

verso e reverso


chema madoz

... o desejo estalou num receio sofrido
cego e feio e perigoso e belo e pleno de
justificações puristas e moralistas...

... instável e insegura e complicada e
subtil despertaste...

...

chamo-te invejosa porque ciumenta

ciumenta
receias que alguém deseje e
se aposse dum bem...

invejosa

desejas apossar-te...

sentimentos distintos...
...
mas um mesmo caminho de sentido inverso


Notas
O ciúme é abstracto e masculino.
A inveja é abstracta e feminina.
Não há ciúme e inveja.
Há pessoas ciumentas e invejosas.


(Este texto encontra-se publicado...

... no meu livro)

8 comentários:

AmigaTeatro disse...

"Notas
O ciúme é abstracto e masculino.
A inveja é abstracta e feminina.
Não há ciúme e inveja.
Há pessoas ciumentas e invejosas. "

E mainada!! ;)

lisa disse...

O ciume por vezes é bom.
A inveja é terrivel.
Por isso ignoremos a inveja e o resto vem por acréscimo.
Beijos.

daniel sant'iago disse...

"amigateatro":
Pois é...
daniel

daniel sant'iago disse...

"lisa":
O ciúme não é prova de amor, pois não?
Parece-me que também é inveja... de sentido contrário...
Parece!
Beijo.
daniel

O'Sanji disse...

Ciúme... quem não tem quando deseja a exclusividade do outro?
Inveja... não obrigada!
Contudo, vai um beijo invejoso! ;) Eheheheh!

ailéh disse...

não discuto as causas justas... nada é exclusivamente nosso...

hoje estou a caminho do sentido inverso do cíúme da inveja...

BJ

daniel sant'iago disse...

"o'sanji":
É, não é?
Um desejo cego, feio, perigoso e belo!
Ser ciumento e não querer ser invejoso...
Ainda bem que o beijo foi invejoso.
Beijo sem apelido.
daniel

daniel sant'iago disse...

"ailéh":
Não discuto, não! Até porque ninguém pode ter a exclusividade de outro...
Gostava de saber percorrer sempre esse caminho, no sentido diverso ao ciúme e à inveja.
Um beijo "masculino".
daniel