quarta-feira, 17 de maio de 2006

como ver-te



comover-te
como ver-te
com o ver-te

como se comover-te fosse
ver-te com o olhar
comer-te com os olhos

afinal
comover-te foi
pôr-me-e-te em movimento
abalar-te-e-me
e
no momento de abalar
não comer
para não te voltar a ver

daniel

8 comentários:

lique disse...

Uma comoção que nos move para te voltar a v(l)er.
Beijos

ailéh disse...

como.me .e .te como este texto com os olhos...

I BJ

daniel sant'iago disse...

Lique
Comoção de estares por aqui..
Beijo.
daniel

daniel sant'iago disse...

Ailéh
Um texto comido com os olhos...
daniel

lisa disse...

E neste momento vejo,leio e releio atenciosamente.

:-)

Micas disse...

Eu gosto de [me] como[ver]-te espelhado em palavras de comoção.
É mt bom ver[te] saboreando[te] em leituras de mel.
Beijo

daniel sant'iago disse...

Lisa
Tão bom v(l)er que não se escreve pro boneco...
É que faz eco dentro de mim.
daniel

daniel sant'iago disse...

Micas
Como os parêntesis nos obrigam a reler descobrindo novos tons com os mesmos sons...
E são tão simples... as curvas...
Outro.
daniel