quinta-feira, 15 de junho de 2006

não me matem as palavras... eu morro


chema madoz

recorro aos bolsos
nada
nem o cotão nas bainhas do forro
nada de nada
do avesso nem o ar lhes resta
nem o nada mesmo

socorro-me do que sou
só palavras num caos de babel
a cama dorme com o vazio
o cavalo corre com o navio
a lógica uma batata
o beijo um biscoito
o mil feito num oito
o calendário sem data

mas se nada tenho para dar
sirvo-me das palavras que sou
mas
não me matem as palavras

eu morro


daniel

26 comentários:

Anónimo disse...

... Ficariam dedos, e mãos e lábios...
Muito sobrava ainda.

"tu"

daniel sant'iago disse...

"anónimo"
O "daniel" morreria...
daniel

De mim, restariam sobejos por muito tempo.
autor

Anónimo disse...

Feliz por saber que tais sobejos restariam...
E ainda mais por saber que "por muito tempo" ...
...Permito-me imaginá-los "à distância dos dedos"...

daniel sant'iago disse...

"anónimo"
Quem sabe?
Eu... não!

daniel

an ordinary girl disse...

Não tenho muito a dizer, a não ser que AMEI os teus poemas. Todos.
Parabéns.

Luna disse...

prometo que não mato as palavras,
e se alguma cair e se partir, eu colo-a e devolvo-ta para seres feliz
beijinhos

daniel sant'iago disse...

"just..." you!
Bem-vinda ao meu cantinho.
São textos... só textos que se abrem na intimidade de um canto (cântico?).
Aparece sempre... mesmo sem avisares!

Obrigado.
daniel

daniel sant'iago disse...

"luna"
Promessa de Lu(n)a?
Soube-me ler-te... aqui e lá!

Outros.
daniel

O'Sanji disse...

Daniel,
Uma ria de palavras, vivas e calorosas. Porque as palavras não morrem, mesmo que alguém procure assassiná-las.
Bjs

daniel sant'iago disse...

"o'sanji"
Ria, menina, ria! Que o seu rir tem graça!
As palavras, essas, vão sendo rio que passa!

Outros.
daniel

Miriam5 disse...

Prometo não matar as palavras mas, em troca quero um biscoito...
Um beijinho e, mais uma vez, obrigada pela dança no meu cantinho.
Bjs

Miudaaa disse...

Matar as tuas palavras, seria crime, seria algo que tu, eu, nós, eles... não vamos deixar que aconteça NUNCA. Parabéns. Gostei muito de tudo o que li em ti.
Bjs

Poemas e Cotidiano disse...

"Se nada tenho a dar, sirvo-me das palavras"... uma frase muito profunda Daniel.
Certamente voce tem muito a dar, mas as palavras essas sempre servem num momento certo para alguem nessa vida...sei lah quem!
Li e reli sua poesia.
Um abraco, obrigada pela sua visita ao meu blog.
MARY

scorpius disse...

Para aguns, como para ti, as palavras são o último-único alimento (pão?) se as tirassem, que fome!

Muito bom!

Agradeço a visita lá pelo canto.

Fica bem :)

Rooibos disse...

Se algém ousar atentar contra elas, estarás lá tu para as defender e fazer crescer!

ailéh disse...

se alguem se atrever a matá-las... faltar.me -á o teu ar e morrerei contigo...
porque as plavras valem o que valem para cada qual...
beijo apalavrado

daniel sant'iago disse...

"miriam5"
Saiam biscoitos para a mesa da "miriam"...5!
Chegaram?

daniel

daniel sant'iago disse...

"miudaaa"
Sê bem-vinda aos meus "Brincos..."! Regressa sempre que puderes.
Falar da morte é perceber a vida... E, neste caso, "nunca" é palavra proibida...
Vive com o teu querer... L(v)i o teu cantinho.

Outros.
daniel

daniel sant'iago disse...

Mary (de "poemas e cotidiano")
As palavras também têm a profundidade de quem as lê...
Não, não tenho.. Sou! E também não sei a quem servem... as palavras.

Outro.
daniel

daniel sant'iago disse...

"nome"
Claro... pão! E água farta!
Fico bem, obrigado!

daniel

daniel sant'iago disse...

"rooibos"
Tentar defender... eu tento.
Posso é não poder...
Até lá... vou crescendo!

daniel

daniel sant'iago disse...

"ailéh"
Só por isso... não morro!
Que não te falte o ar...

Outro.
daniel

della-porther disse...

Também a mim ...morreria se matassem as palvras. Gostei d eter vindo cá.
Bjs
Della

*Belynha* disse...

Há três coisas no mundo que nunca acabarão: a música, a poesia e o egoísmo.

Resta saber qual delas acabará com o ser humano...

daniel sant'iago disse...

"della-porther", sê bem-vinda aos meus "Brincos..." Regressa sempre que puderes. Moçambique está bem perto...
Obrigado.

Outros.
daniel

daniel sant'iago disse...

"belynha", bom dia!
Se nunca acabarem... como alguma "delas acabará com o ser humano"?
Sei que não acreditas nessa morte!

daniel