quinta-feira, 8 de junho de 2006

texto nu e cru


samantha wolov
O

Texto nu e cru este sem leitura outra que não seja minha. Texto nu e cru que nunca pensei escrever para ser lido aí. Sem entrelinhas nem figuras de estilo nem outra solução. Para adultos com reservas que usam bolinhas vermelhas. Palavras de sentido único directas ao alvo sem rodeios.


Envolve-me docemente.
Que os teus braços sejam abraço envolvente.
Sem pressas manso com vagar devagar de-va-ga-ri-nho.
Isso. Assim.

Mão na nuca com dedos vincados que esmaguem meus lábios bem abertos contra os teus em oferta. Que as línguas se toquem, se entrelacem e deslacem nossos corpos.
Isso. Assim.

Encosta-te, enrosca-te e sente o que endurece, em mim e em ti, sob botões arrancados à força, num repente alucinado. Os lábios beijam. Os dentes mordem.
Isso. Assim.

E, chegados aos ouvidos, aflorados os lóbulos pelos recantos mais recônditos, que os lábios sussurrem, murmurem, repitam e gritem, sem receios nem temores nem medos nem terrores de que as paredes oiçam e os vizinhos estremeçam...
Isso... Assim... Em uníssono...

- Fode-me!

Isso... assim...
Nus e crus.
O texto...
Eu e
tu.


(Este texto encontra-se publicado...

... no meu livro)

20 comentários:

O'Sanji disse...

Post shock?
Não... poesia pura!
Paixão, crua, pura e dura!
Beijos

daniel sant'iago disse...

Não gosto de "fazer's amor's comigo's", "make's love's" ou "faire's l'amour's"...
Dão-me comichão...
Prefiro ir ao étimo latino "futere" = ter relações com mulher! Estragámos a palavra e parece-me a única com força, adequada e linda...
Há quem não goste porque palavrão...
"Comam" mais... Também serve "comer"... mas enoja!
Deixo a poesia para ti.

Beijos.
daniel

lisa disse...

Deliciosoooo!
Palavras bonitas, fortes e explícitas, sem dúvida.

Beijo :-)

ailéh disse...

a diferença entre amar e sexuar!!!.... a nu e cru... o texto..

hoje ! não só amei ... como delirei !!!... esplêndido...!!!!

daniel sant'iago disse...

lisa
Hoje não houve segundos sentidos... Só mesmo sentidos em segundos.
As palavras...

Beijo.
daniel

daniel sant'iago disse...

"ailéh"
Acho que é isso mesmo... A diferença que nos separa de alguns animais ainda que humanos.
E há palavras malditas porque mal ditas...
Foder é uma delas e é vocabulário de amor...
Obrigado.

daniel

hala_kazam disse...

hmmm...
o que dizer se tudo ali foi dito...

hoje sinto-me nua e crua...mas nao como no teu texto...

*beijo*

daniel sant'iago disse...

Desanimada?
Upa!

Beijo.
daniel

*Belynha* disse...

Ui...

U-ui!......

Adoro sexo. Sexo pela paixão, sexo pelo desejo, sexo porque sim ou porque não. É delicioso.
Adorei a tua descrição.

E concordo totalmente ctg quando dizes que "foder é vocabulário de amor". Não faz sentido de outra forma. Não há nada mais ensonso que uma queca descontextualizada nem nada mais vazio do que procurar a roupa interior num quarto que não se conhece.

Adoro sexo, adoro fazê-lo com quem amo, adoro pedi-lo a quem amo.
Já vos tinha dito? ;)

Ima disse...

Desta vez não resisto...a roubar-te...
Muito erótico, muito belo.
Beijo

daniel sant'iago disse...

"belynha"
Ainda não me tinhas dito...
O dito sabe... isso eu sei.

daniel

daniel sant'iago disse...

"ima"
Não resistas. Rouba-me!
Fico feliz por teres gostado.

Beijos.
daniel

Ana disse...

Tu, em mim. As tuas palavras passeando o meu corpo.
Isso... assim...
As palavras beijam, os lábios sorriem sem malícia. As mãos tacteiam o efémero momento de um prazer: ler-te.
Tu e o texto. Aí.
Eu... aqui em mim sem pressas.
Assim...
Só (mente).

daniel sant'iago disse...

"ana"
Não sei quem és nem encontro o blogue que ( não ) terás...
Eu diria que és a outra de mim numa resposta em que as palavras são uma extensão de mim próprio...
Realizo-te enquanto leio...

Muito obrigado. Aguardo mais.
daniel

Rooibos disse...

Isso... Assim...
Também são palavras importantes...

Adorei!...

Simplesmente puro, verdadeiro...

Para muitos... utopia.
Para muitos mais... realidade!

Bom fds!

daniel sant'iago disse...

Que bom ler-te, "rooibos"!
Só anteontem descobri como o "isso" e o "assim" são palavras de movimento!
Um "post shock" lhe chamou uma amiga...
As utopias, por definição, são intangíveis. Esta realidade é um caminho para ir andando e ficar pertinho... da utopia.

O melhor para ti!
daniel

Ana disse...

Entre a carne e a alma; o teu texto, é.
Mais mente do que corpo, sou.
Compreendes agora o (de) ontem?
Deixo a imagem... Aqui.
"Assim"... gostas?

daniel sant'iago disse...

"ana"
Gosto. Obrigado pelo teu texto e imagem.
As dualidades (carne/alma, mente/corpo e...) só existem para facilitar a reflexão sobre nós, a pessoa toda inteira.
Limitações dos humanos quando querem falar de milagres!
Volta.

daniel

Rooibos disse...

Ando sem tempo para nada.
Mas para caminhar em direcção à utopia dá-se sempre um jeitinho!...
Tenho de voltar às avaliações.

Até breve.

daniel sant'iago disse...

Não voltes... caminha!

Sempre.
daniel