domingo, 22 de outubro de 2006

aos domingos - 22 de outubro


"head" de tony bevan

um ponto

... não me refiro a qualquer sinal...
... nem tão pouco a qualquer sábia figura
escondida pelos bastidores...
... este ponto mora num beco do bairro do
cérebro, mesmo no
entroncamento de duas
avenidas... a dos olhares com a dos
ouvidos.

Um ponto de gemidos e de
gritos!

daniel

7 comentários:

Cherry Blossom Girl disse...

Já tinha saudades do teu cantinho
Beijinho grande
***

Joker disse...

Um ponto erótico.
3.

Unknown disse...

um ponto a ponto...
um beijo

Anónimo disse...

Bem encontrado. O ponto g.

:)

Beijo

Al.Jib/Gabriela R. Martins disse...

chame.se um exorcista

sem falta

enquanto for domingo

Unknown disse...

Ponto... final!
Obrigado!


daniel sant'iago

Luís disse...

Será desse ponto que emana a fragilidade derramada neste texto?

Esses gemidos e gritos serão de fragilidade?

Não creio que seja importante atribuir um nome ao ponto. Basta reconhecer-lhe a importância e saber que todos o temos algures nas avenidas, becos e entrocamentos do nosso íntimo.

Mais um texto que se revela de grande qualidade...